Tantra: massagem e conhecimento que liberta

Tantra: massagem e conhecimento que liberta

agosto 11, 2020 0 Por Rosely

Esta massagem ajuda a dissolver as “couraças” que as emoções ruins, as repressões e outras experiências criam no nosso corpo, tornando-o mais leve. Leia mais e agende a sua massagem séria e competente na Miss Blue!

Sessão de Terapia Tântrica na Miss Blue – Mooca / São Paulo

Poucas palavras foram tão mal interpretadas e deturpadas nas línguas ao redor do mundo quanto o termo “Tantra”. Você sabe o que ela significa?

A palavra “Tantra” é um termo de origem da língua sânscrita, ancestral e oriunda do Nepal (país que fica entre a Índia e o Tibete) e que significa “trama” ou “tecer”.

A palavra é relacionada à uma filosofia comportamental indiana do século VII e que defende a meditação e a disciplina na busca pelo aperfeiçoamento pessoal.

O termo é composto de duas outras palavras que em sânscrito são “tan” (expansão) e o “tra” (libertação).

Essa filosofia hindu sofreu diversas interpretações ao longo dos séculos e culturas, muitas vezes equivocadas e que em nada representavam a verdadeira Filosofia em suas inúmeras técnicas e aplicações.

Uma destas técnicas é justamente a massagem tântrica, que surgiu à cerca de 2.500 anos a.C. Um dos objetivos desta massagem é o de “refinar” a sensibilidade do corpo, energizando aos chakras e
regulando a produção hormonal – além de despertar um efeito meditativo, de expansão da consciência e da percepção do ser humano.

Tal sensação liberta o corpo e a mente de preocupações cotidianas, energias ruins, estresse, além de melhorar a circulação sanguínea e trazer um relaxamento muscular intenso.

Longe dos preconceitos

Mencionar a Massagem Tântrica fora de hora ou de lugar pode causar desconforto, constrangimento ou até risadinhas quase infantis dadas por adultos crescidos, porém desinformados.

E nessa onda de preconceitos entra também a figura do terapeuta tântrico.

O que faz o terapeuta tântrico? Como trabalha? Quem ele atende? Com o que ele lida?

Roseli Paulino: Terapeuta Tântrica

Umas séries de interrogações surgem na cabeça do leigo que, quando não se informa, imagina respostas tenebrosas!

Esse artigo busca esclarecer um pouco alguns pontos e desmistificar a imagem do Tantra e a figura do seu terapeuta, sempre levando em consideração a Visão Tântrica do Caminho do Amor preconizada pelo Centro Metamorfose.

E, para começar, deixo claro o que um terapeuta tântrico não faz: SEXO. Isso mesmo, o Tantra e os terapeutas tântricos nada têm a ver com relações sexuais e outras práticas muito distantes.

Assim, se você comparecer a uma sessão de terapia tântrica esperando por isso, por uma relação sexual, sairá muito frustrado(a).

Da mesma forma, se você receber esse tipo de abordagem da pessoa que lhe atender e se apresentar como terapeuta “tântrico”, saiba que você não esteve diante de um profissional sério (sequer diante de um profissional).

Qual o papel do Terapeuta Tântrico?

O papel do terapeuta tântrico deve ser o de desprogramar conceitos, de quebrar paradigmas e limpar seu corpo dos condicionamentos que ele tenha a respeito dos estímulos que recebe.

E isso não se faz com uma transa, mas sim, com técnicas que ao serem aplicadas, alteram a bioquímica e a percepção que temos do nosso corpo.

Desta forma, o terapeuta tântrico vai trabalhar com a sua sexualidade, não com sexo.

Para isso, o Tantra apresenta uma série de recursos que foram sistematizados nessa terapêutica. Uma dessas ferramentas são as meditações.

Elas ajudam a dissolver as “couraças” que as emoções ruins, as repressões e outras experiências criam no nosso corpo, tornando-o mais leve, limpando-o das somatizações que esses sentimentos desagradáveis possam causar.

Além disso, essas meditações trabalham a produção hormonal de diversas glândulas, gerando descargas de serotonina, oxitocina e outros hormônios ligados ao prazer e à alegria.

Ficou curioso? Quer conhecer a Massagem Tântrica pessoalmente? Então, agende já a sua consulta aqui na Miss Blue Stúdio de Beleza, na Mooca. ACIMA DE TUDO, VOCÊ, CADA DIA MAIS LINDA!